11 de jan de 2014

Hit The Lights - Capitulo 11 / Goodbye.



"Brigas, intrigas segredos de nós dois
Não tem mais clima, chegou ao fim
E a culpa não é minha
Eu tinha certeza de nós dois
Mas não sabia
Que um dia só iria fazer mal para o meu coração"
-Vai e Chora, Sorriso maroto.

 P.O.V. Narradora

 O que iria acontecer? Edward iria continuar a mentir? O que ele faria? Bem ou mal, era a pessoa que ele amava. Sera que estava sendo tolo demais para proteger uma pessoa que talvez não merecesse nem mesmo a sua pena?
 E Becky e Ross? Onde eles estavam, afinal? Como reagiriam todos da escola com todas essas reviravoltas?

~//

 Ed ainda não sabia o que falar ao delegado que se demonstrava feliz e convencido por saber desdo inicio que Ed não era o culpado.
 -Vejo que não sabe o que responder, Senhor Sheeran. Fique tranquilo. Volte a sua cela e logo voltara aqui. -Assim ele fez. Se levantou de sua cadeira e foi até a sua cela acompanhado de um policial.
 Ele já sabia: sua mentira chegara ao fim. Não sabia o que lhe aconteceria agora. Seria acusado por mentir e ser meio que cúmplice de Selena?
 -Senhor policial? -lhe chamou. O mesmo virou-se e o encarou.
 -Diga. -disse duro.
 -O que... Bem ... -começou a se atrapalhar com as palavras e o policial deu uma leve risada pois sabia o que ele queria perguntar.
 -Não se preocupe, senhor Sheeran. O máximo que iras pegar é umas semanas ou serviço comunitário. -Ed suspirou de alivio.
 -Obrigada, Policial ...
 -Walker. -ambos sorriram levemente.
 -Obrigado então, Policial Walker.
 -Disponha. -Walker saiu deixando Edward sozinho o fazendo soltar um suspiro... E agora?

 ~//

 Dulce olhava estática para a porta sem saber o que estava acontecendo enquanto se via Ross feliz com o telefone.
 -BECKYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYY!! -se ouviu uma risada.
 -Não é a Becky e.. Calma, eu não estava falando com a Dulce? Quem eres?

P.O.V Ross

 -Como assim quem é?! Eu pergunto quem é! CADE A BECKY?!
 -Becky?! -ouvi diserem na sala. Olhei e vi os pais da mesma parados olhando para mim estáticos.
 -Sim, Becky. -respondi-lhes -FALA LOGO! -gritei ao telefone. Cade ela? Quem estava a falar do outro lado?
 -Calma, Ross. Aqui é o Austin. Becky es..
 -AUSTIN? MAS QUE DIABOS ESTAS A FAZER COM O CELULAR DA BECKY?! -o interrompi.
 -Austin? -Dulce perguntou.
 -É uma historia meio longa mas irei resumir: eu e a Becky estamos em perigo então tivemos que fugir.
 -Onde está nossa filha? -os pais de Rebecca perguntaram-me aflitos.
 -Austin disse que eles estavam em perigo e tiveram que fugir.
 -Disso já sabemos. Mas onde eles estão!
 -A-austin? -o ouvi suspira. Eu ainda estava processando as informações.
 -Eu ouvi, Ross. Desculpa, mas não podemos dizer. É muito arriscado. -suspirei derrotado sabendo que realmente era perigoso.
 -Onde ela ta?
 -Ela ta... -ele parou e eu fiquei aflito.
 -FALA!
 -MEU DEUS, ELA TAVA AQUI! CADE ELA? -Austin disse desesperado.
 -Ai.Meu.Deus.

 P.O.V Austin

 Assim que desliguei o telefone comecei a procurar na casa toda. Onde Becky tinha se metido, porra?  Fui até a frente da casa e vi um corpo jogado no chão.
 -BECKY! -gritei correndo em sua direção. Ela tentou se levantar. Assim que cheguei perto, parei. -Você não é a Becky. QUEM É VOCÊ?!
 -M-me chamo Stephanie. Sou irmã da Becky. -eu a olhei. Parecia mesmo com a Becky.
 -Vem, vamos para dentro. -a ajudei a levantar e andamos até a parte interna da casa. Ela estava a mancar. A sentei no sofá e fiz o mesmo logo após ficando de frente para ela. -Me conte o que aconteceu, por favor. -Stephanie deu um suspiro pesado.
 -Eu estava a voltar para casa depois da faculdade. Um carro preto parou ao meu lado e me arrastaram para dentro dele. Eu gritei e logo depois não vi mais nada. Acordei em uma casa abandonada e os caras me chamavam de Becky. Eu disse que não era Becky e sim Stephanie. Entrou depois uma mulher e disse que eu não era Becky e começou a xingar os caras. Eles ligaram para a minha irmã, disseram que estavam comigo e então ela falou que trocava de lugar. Disse onde estava e eles vieram junto comigo. Me jogaram aqui dentro enquanto arrastavam a Becky pra vã. Eu acabei por cair forte no chão e uns cinco minutos depois você chegou. -eu estava sem reação. Becky se entregou a Selena para salvar sua irmã Stephanie.

P.O.V. Ed

 Walker estava me levando a uma daquelas salas de interrogatórios onde só avia uma mesa e cadeiras de ferro. Entrei na mesma e parei. Ela estava ali. Em uma das cadeiras. Bem a minha frente. Assim que me viu, se levantou.
 -Ed. -ela sussurrou. Fiquei em uma postura dura e fria.
 -Sente-se, Senhor Sheeran. -o delegado disse e assim fiz. -Bem, o que nos tem a dizer agora?
 -Que eu menti.
 -Disso já sabemos. Mas por que o fez? -olhei para ela de canto de olho e logo depois para o delegado novamente. -Porq...
 -Porque eu mandei. -ela me interrompeu.
 -O QUE?! -a encarei perplexo. -Chega de mentiras, ok? Você não sabe o inferno que é isto aqui! -eu suspirei. -Eu fiz isso porque a amava. -olhei para ela novamente que agora possuía um olhar de tristeza.
 -E por amor se entregou para salvá-la?
 -Sim. Achei que assim ela iria mudar. Mas me parece que estive enganado.
 -Ed..
 -EDWARD. Para você é Edward. -ela se encolheu e desviou o olhar.
 -Ok, Edward. Eu... eu me arrependo muito de tudo isso. Não queria que se entregasse por mim. Poderias simplesmente ter-te fugido.
 -Me poupe disso.
 -Bem, continuando. Eu não acreditava que você havia feito tudo isso então já havia entrado com esse pedido. Terás que ficar aqui por cinco dias e depois está liberado.
 -Obrigado, delegado. -ele sorriu fraco.
 -Disponha. Bem, agora voltes a sua cela. Tenho que conversar com ela agora. -assenti e segui até a porta. Antes de sair me virei e a encarei.
 -Adeus, Selena. -disse frio e firme. Me virei e segui Walker pelo mesmo caminho de sempre.

 Continua.

NOTA

Miiiiiiinhas lindas, eu disse que ia postar hoje u.u
A internet ta uma droga porque eu to tendo que usar o wi-fi do celular '-'
Bem, o que acharam? Ta meio estranho que escrevi correndo por causa da droga da internet -.-
E também porque eu comprei o cd "Midnight Memories" dos meus meninos e escrevi ouvindo e.e
É isso amores
Até *-*
Beijo;*

NO PRÓXIMO CAPITULO

 "Eu fiz merda. Eu fiz muita merda. Mas eu estava arrependida. Vendo o jeito que ele me olhava me quebrou por dentro. E foi ai que eu percebi: Eu o amava."

Música do Capitulo: Vai e Chora

Ps: A Becky G tem uma irmã chamada Stephanie porem eu não achei nenhuma foto e nem sei quantos anos ela tem. Então finge que a Becky tem 17 e a irmã 19. E depois eu coloco o link da  musica.

2 comentários:

  1. OMG kkkkkkkk morrendo de rir aqui kkkkkk e muito kkkkkk "dulce olhava estática para a porta sem saber o que estava acontecendo enquanto se via Ross feliz com o telefone.
    -BECKYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYY!! -se ouviu uma risada.
    -Não é a Becky e.. Calma, eu não estava falando com a Dulce? Quem eres?
    P.O.V Ross
    -Como assim quem é?! Eu pergunto quem é! CADE A BECKY?!" kkkkkkkkk e "BECKY! -gritei correndo em sua direção. Ela tentou se levantar. Assim que cheguei perto, parei. -Você não é a Becky. QUEM É VOCÊ?!" kkkkkkkkkkkk credo kkkkkkkkkk o meu pai deve estar a pensar que sou maluca kkkkkkkkk. Continua. Beijo <3
    <3maria<3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkk ... vou começar a escrever agora e espero terminar hoje hahah ... Beijo pequena'

      Excluir